Google+ Followers

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Desde que eu nasci foi você que esteve sempre a meu lado, foi você que cada vez que eu chorava estava sempre lá para me dar carinho, foi você que me viu nascer e me apoio até ao momento que você partiu. Esse dia foi o pior dia da minha vida…quando eu estava a falar consigo e você estava muito doente entretanto começou a transpirar tanto, eu tentava comunicar consigo mas você nem falar conseguia, já nao aguentava mais e então agarrou a minha mão, só lhe deu tempo de olhar para mim, fechou os olhos e nunca mais os abriu. Eu tentava ver se havia uma reacção sua, mas já não havia nada.....Eu gritava, gritava de medo de perder a pessoa que mais amava e que mais me protegeu em toda a minha vida. Quando vi a ambulância chegar 50 minutos depois de a termos chamado, senti uma revolta….Mas não adiantou porque quando eles chegaram já você tinha ido :’( ver a sua cabeça a bater no corrimão para descer as escadas e eu ter ainda de ir a trás e segurar na sua cabeça porque eles eram tão incompetentes que nem isso souberam fazer. E depois ir a trás da ambulância  onde eles pararam ao meio do caminho e olharam para para trás a abanar a cabeça para os lados, querendo dizer um não.....destruiu-me por completo, foi um sofrimento tão grande e ainda por cima você faleceu na noite dos meus anos (acho que não pode haver coisa pior que isso)L.

Já lá vão 4 anos, sim, mas mesmo assim ainda sinto muito a sua falta,os seus conselhos, as suas brincadeiras e tudo muito mais que me faziam sempre animar e sei que há sempre uma estrelinha lá no céu que esta sempre a brilhar e que você mesmo lá em cima esta sempre a olhar mim e a me proteger. É graças a si que sou a mulher que sou hoje, OBRIGADA POR TUDO MEU MAIOR ORGULHO <3


Se você fosse viva hoje fazia 69 anos, por isso.....


                                                                           Parabéns, querida avó <3

domingo, 1 de maio de 2011

Confusa...

Só não percebo é como é que estava tudo tão bem e no próximo dia mudou tudo…..E por mais que eu te pergunta-se o que se passava continuavas a dizer que nada se passava, e que nada tinha mudado. Mas eu sabia que nada era como antes. E deixas-te de falar….Até que um dia, voltas a falar para mim como se nada tivesse acontecido e com as maiores tranquilidades…:S E agora pergunto-me. Será que ainda sinto a mesma amizade por ti, como sentia antes??
                              Sinceramente não te posso dar essa resposta....porque apesar de tudo magoaste-me muito...:(